Melhores Momentos

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Passeio na cidade de Santos/SP









http://www.ccg.org.br/fot/placaorquidario.jpg









  • Orquidário Municipal

Parque Zoobotânico que mistura características de jardim com aspectos de mata natural em seus 22.240m2, plantados principalmente com exemplares da Mata Atlântica. Tem árvores frutíferas e medicinais, espécies raras como pau-brasil e cedro e estufa com 5.000 mudas de orquídeas, que podem ser apreciadas em seu esplendor em novembro, quando acontece uma exposição nacional.
Originou-se de mais de 600 espécies diferentes e cerca de mil mudas de epífitas que o colecionador Júlio Conceição cultivava, no quintal de sua casa. Conhecida como Parque Indígena, a área era aberta à visitação pública e localizava-se no Boqueirão, próximo à Av. Conselheiro Nébias. Quando Júlio Conceição faleceu, a família doou o acervo para a Prefeitura, que mantém seu busto na entrada do Parque. A abundância da vegetação atrai inúmeros pássaros, que vivem em liberdade entre animais silvestres como cotias, jabutis e saracuras.
Um lago de 1.180m2 abriga carpas, tartarugas e recebe aves aquáticas migratórias. Num viveiro interativo, as pessoas têm contato direto com dezenas de espécies de aves. Atualmente: flamingo, marrecos, frangos d’água, pássaros pretos, socós, etc. Existem ainda araras, papagaios e algumas espécies ameaçadas de extinção, como macacos-aranhas, micos-leões-de-­cara-dourada e jacarés-de-papo­-amarelo. Em 2005 recebeu um recinto com um casal de lontras. O Parque mantém o Setor de Zoologia, que cuida dos animais; o Setor de Botânica, responsável pela coleção de orquídeas e da flora em geral; e o Setor de Educação Ambiental, que promove atividades sobre temas relacionados ao acervo, destinadas a estudantes e ao público em geral.

Praça Washington, s/n°, José Menino. Telefone: 3237­-6970 / 3225-1353 (fax) /  e-mail: orquidario-setur@santos.sp.gov.br.
FECHADO PARA OBRAS DE REVITALIZAÇÃO E AMPLIAÇÃO.

clique para ampliar
O ingresso custa R$1,00. Gratuito para crianças até 12 anos e idosos acima de 60 anos - Estudantes pagam meia entrada.




  • Museu da Pesca
clique para ampliar
Instalado em um casarão construído em 1908, no local onde até o final do século XIX existia o Forte Augusto. Nos jardins do Museu destacam-se os belos portões de ferro e um canhão originário da Fortaleza da Barra Grande. O Museu de Pesca encanta os visitantes há mais de meio século. Seu acervo apresenta diversas espécies de peixes, crustáceos, moluscos, aves e mamíferos marinhos taxidermizados, conchas de moluscos, corais etc, além de maquetes de embarcações, equipamentos utilizados na pesca, obras artísticas etc. As principais atrações são o esqueleto de uma baleia-fin, Balaenoptera physalus (23 metros), tubarões de diversos tamanhos e espécies (algumas raríssimas), a Ala Lúdica Petrobras (com destaque para a "sala da praia", que reproduz fielmente quatro ecossistemas marinhos do litoral paulista), uma embarcação baleeira, Marcílio Dias, de 7m de extensão da década de 30; uma grande coleção de areias de praias do Brasil e do mundo, lulas gigantes (5 m) etc.. Além das visitas, o Museu promove cursos, palestras, visitas monitoradas e orientação de trabalhos escolares sobre ecossistemas aquáticos e pesca.
Denominado atualmente de Museu do Instituto de Pesca, está vinculado ao Centro Avançado de Pesquisa Tecnológica do Agronegócio do Pescado Marinho do Instituto de Pesca, órgão ligado à pesquisa científica em recursos aquáticos renováveis (pesca e aqüicultura), da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. A função básica do Museu é desenvolver ações científico-culturais, levando a comunidade a conhecer o ambiente aquático e se conscientizar da importância da sua preservação e utilização racional.
Av. Bartolomeu de Gusmão, 192 - Ponta da Praia
CEP 11030-906 - Santos/SP
Tel. / Fax.: (0xx13) 3261.5260
Tel.: (0xx13) 3261.5995
E-mail: museu.pesca@apta.sp.gov.br
Funciona de quarta a domingo, inclusive em feriados, das 10 às 18 horas.
Ingressos custam R$ 2,00 - estudante meia, R$ 1,00. Até 6 anos e maiores de 60 anos isentos.
Cronologia do Museu
(clique para visualizar)




Sobre o Autor:

Leia Mais sobre o propósito da existência do blog »

facebook twitter google plus

Cristiane Marquesi CRISTIANE MARQUESI é escrevente e blogueira. Formada em Técnico de Contabilidade e Administração, pensa ainda em cursar mais. Mora em Laranjal Paulista, cidade do interior do Estado de São Paulo. Criadora do [ Meu Querido Diário ] que vem se destacando por todo território nacional e internacional. Adora as redes sociais, curtir e compartilhar todo tipo de assunto. UM PENSAMENTO | A sua profissão é privilégio e aprendizado. Se você puser amor naquilo que faz, para fazer os outros felizes, a sua profissão, em qualquer parte, será sempre um rio de bênçãos.

Legado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...